Colégio Estadual Rio Sono tem estudantes selecionados no Parlamento Jovem Brasileiro pelo segundo ano consecutivo

0
12

O projeto para a implantação do “Portal Fiscaliza Brasil”, da estudante Yasmim Valadares Soares, foi o selecionado para representar o Tocantins

Em seu segundo ano consecutivo, o Colégio Estadual Rio Sono tem estudantes selecionados no Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) para representar o Tocantins em Brasília. Neste ano, a proposta de projeto de lei selecionada foi feita pela estudante Yasmim Valadares Soares, da 2ª série do ensino médio. Ela propôs a criação do “Portal Fiscaliza Brasil”, como mecanismo de transparência e fiscalização para garantir o uso de critérios técnicos na contratação de servidores públicos.

“Grande parte da população ou quase toda a população necessita do serviço público e nem sempre temos o atendimento com a qualidade que merecemos, e esse portal ajudaria na contratação de profissionais a partir da sua capacidade técnica, pois lá estaria disponível uma espécie de currículo, com suas qualificações. E a população poderia fiscalizar para saber quem está sendo contratado para atuar no serviço público”, apontou a estudante Yasmim Valadares.

Com relação aos seus sentimentos com a conquista, a estudante disse que dois se sobressaem. “Meu sentimento é de felicidade e gratidão, gratidão pelas pessoas que me ajudaram, eu não conseguiria sozinha. Contei com a ajuda da professora Railma e do meu amigo Lucas Glória, que ano passado foi o vencedor do PJB. Eu estava confiante no resultado do nosso trabalho e  estou animada para ir para Brasília, participar das atividades lá e garantir novos aprendizados”, ressaltou.

A professora Railma Bezerra Soares, que orientou a estudante na construção da proposta de projeto de lei, atribui o resultado alcançado pelo segundo ano consecutivo a um conjunto de fatores. “O apoio da família dos estudantes, da comunidade escolar, especialmente da diretora da unidade de ensino que aposta no protagonismo estudantil, e a confiança dos alunos no trabalho que desenvolvo foram essenciais para alcançarmos o Parlamento Jovem”, apontou.

A professora também chamou atenção para a proposta pedagógica desenvolvida na unidade de ensino, que desde 2018 trabalha com a pedagogia do Novo Ensino, buscando valorizar o estudante em suas diferentes realidades. “Eu trabalho com a disciplina de Projeto de Vida na 1ª e 2ª série do ensino médio, e o nosso foco é fazer com que os estudantes despertem seus olhares para a melhoria de sua realidade e do bem comum. E o projeto vencedor vem ao encontro dessa proposta, visando ao fortalecimento do trabalho do servidor público em prol da população”, ressaltou.

Parlamento Jovem Brasil

O resultado final do Parlamento Jovem Brasileiro 2020 foi divulgado nesta sexta-feira, 18, pela Câmara dos Deputados. Ao todo, foram selecionados 78 projetos de estudantes de todos os estados brasileiros. O Parlamento Jovem Brasileiro tem por objetivo proporcionar aos estudantes a vivência do trabalho dos Deputados Federais, por uma semana, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Inicialmente, as atividades ocorrerão de forma remota, e as Sessões Plenárias na Capital Federal está prevista para ocorrer do dia 11 a 14 de maio de 2021.

Lucas Glória foi o finalista tocantinense do PJB 2019 e representou o Estado, em Brasília, com a proposta de emenda impositiva para o término de obras que começaram e não foram finalizadas. Durante uma semana, ele e a professora Railma acompanharam o trabalho do Legislativo na Capital Federal. Neste ano, Lucas fez questão de auxiliar a professora na orientação de seus colegas.
Por: Cláudio Paixão/Governo do Tocantins